pesquise no blog

terça-feira, 7 de julho de 2015

Intocável

Havia movimento.

De pernas sobre pés
De unhas sobre dedos
Movimento havia
até no tensional
Silêncio.

Quando houve pausa
também nela se fez
Dança.

Ignorando a respiração
mesmo estacionado
O corpo se emana

E multiplica
fagulhas de acontecimentos
Inomináveis.

Agora
que se apartaram os corpos
Mesmo agora
existe algo entre eles
Intocável.

Que nome dar à matéria do encontro?

Seria presença?
Anti-matéria?
Seria terremoto
Caos insano
Poema vindouro?

Sorte talvez seja seu apelido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário