pesquise no blog

domingo, 26 de julho de 2015

dia dezesseis

ela gostou muito e quer almoçar com você.
o sábado foi bom, inteiro, intenso, sincero e com calor (apesar dessa chuva chata em são paulo).
o que eu quero neste momento é tão presente nele mesmo que não vale dizer o que penso se não desejo perder o instante.
é isso.
muitos pares de olhos. abraços amigos. a cerveja. pretendo não beber no domingo.
existe alguma coisa em curso que não consigo compreender, nem sei se quero compreender, mas há alguma coisa andando junto a mim, sempre na espreita.
amanhã será dia de dormir grudado.
o amanhã de ontem já é o hoje é também o ontem de amanhã. viste? quanta coisa cabe no tempo que temos, não?
esqueça um pouco o tom daquele email, mas confirme a demanda desta época, deste tempo.
não haveria momento melhor para viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário