pesquise no blog

domingo, 21 de dezembro de 2014

Chave

Quando chegar lá
e estou chegando
Será que saberei
dizer não ao sim
e preservar-me
em abandono?

Caixas e mais caixas
Não há solução aparente
Eu sempre digo sim
Ao projeto de toda e cada
semente
Eu digo sim, certamente

Descobri-me feito assim:
ser querendo
querente
sem pausa
Latente

Portanto
Quando chegar a hora de dizer não
Será que conseguirei me restar
Sozinho
Aparente?

Temo que não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário