pesquise no blog

sábado, 1 de janeiro de 2011

Meu nome é Diogo Liberano Ribeiro

Oi gente,

Eu não saberia começar de outra forma. Na verdade, como dar um alô para as pessoas que entram aqui nesse Blog? Bom, eu confesso que às vezes acho que sou apenas eu quem entra aqui. Mas sei que não é verdade e que achar isso é uma injustiça. Vez ou outra eu recebo um comentário (e isso me faz continuar, sim, é verdade). Vez ou outra o contador de acessos me indica que há mais movimento do que somente o meu e de meus filhos. Pois bem, isso tudo é porque eu queria tentar algo novo para este ano.

É que eu tenho percebido, sabem? Eu inaugurei esse Blog em janeiro de 2008. De lá para cá, já foram três anos de postagens, todas sob o mote Lendo Árvores e Escrevendo Filhos. Sim, este aqui desde sempre foi um espaço de criação, de investigação poética, de investigação dramática e - apesar de tal criação estar vinculada a mim e a minha vida - eu quase nunca fui além disso. Eu quase nunca escrevi coisas além de poesias. Meus filhos são todos melancólicos e profundos. Ou pelo menos é assim que o pai aqui os enxerga.

Portanto, eu quero dizer com isso tudo que sinto estar faltando personalidade aqui neste espaço. Afinal, quem é o maldito pai dessas crianças? O que ele faz, o que ele está fazendo, o que ele vai fazer? Diz respeito a tentar me abrir aqui para além de poesias. A tentar produzir outra coisa que não produtos. (Perdoem-me, meus filhos!) É só que o mundo está girando desde então e eu só o olho pelo viés de minhas crianças. E, sinceramente, elas eram mesmo muito pequenas. Mas agora, filhos meus, vocês já andam por si só e não usam fraldas, ou seja, o papai já pode respirar novos ares e receber visitas na nossa sala de estar (ainda que restos de brinquedos estejam soltos por toda a casa).

Calma. Não significa que agora eu vou falar de mim (os meus filhos já fazem isso e que difícil é fazer com que falem de outro assunto). Significa apenas que eu quero explorar outro tipo de narrativa, outro tipo de ficção, outro tipo de realidade. Quer dizer, portanto, outra produção, outras tentativas e outro grau de abertura e experimentação. Aceito sugestões. Mesmo, eu aceito sugestões. Mas sinto - e nisso, eu sei - falta aqui neste Blog personalidade. E como pode se eu sou uma persona? Como pode faltar aquilo que até agora foi justamente o que sustentou cada um desses filhos?

Pois como começar? Bom, meu nome é Diogo Liberano Ribeiro, eu tenho 23 anos neste início de 2011 e meu signo é Libra. Não uso o meu sobrenome Ribeiro. Mas não é por causa de questões familiares. É só porque não uso mesmo. E eu sou diabético desde os seis anos de idade e eu gosto de café. E este último parágrafo é uma tentativa de começo. Tenho a vida inteira para desbravá-la, mas para isso, é preciso mexer em si mesmo.

Bjos,
Diogo Liberano

2 comentários:

Shuzy disse...

Então... Bom começo pra vc!
Estarei sempre por aqui, pois apesar de acreditares que falta algo por aqui, ainda acho esse espaço mtOo bom!

Feliz 2011!

Borboletas nos Olhos disse...

Oi, Diogo,
fiquei feliz em saber que os eventuais comentários te fazem continuar porque - algumas vezes (menos do que gostaria)- deixei aqui minha admiração. Sabe, eu também gosto de café. E gosto muito de vir aqui. E sou curiosa, então já vou preparar umas xícaras de café e esperar o que ainda vem...

Postar um comentário