pesquise no blog

sexta-feira, 30 de abril de 2010

E Instaura a Rima.

Porque depois de você,

cabelos ruivos rimam só contigo
prédios altos também me levam a isso
e tem você presa em objetos
você rimando a cada verso meu
e hoje são tantos
feitos para você…

Instaura a rima porque se olho o céu vejo primeiro você.

E depois você me fica nos olhos copiada
e a sacola voando entre os prédios da cidade é sobre ti
a nota no jornal sobre outro caso se inspira nisso
e se me olham meio entristecido eu rimo você
outra vez sempre que falam a palavra destino
dentro de mim você grita como fosse rima terminada em ar
rima do verbo amar
rima do verbo partir
rima do verbo lançar

Percebe como a morte instaura a rima em certos versos
ou melhor, em certas esquinas
tornando a fuga incapaz
Percebe?

Mesmo em versos brancos
pálidos de solidão
mesmo assim eu neles me olho
e recebo você de súbito
transfigurada.

A morte é a rima mais popular
pois não bastasse rimar com tudo
ainda tranquila rima com o nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário