pesquise no blog

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Break,

A luz acabou. Concreta. Não é poesia. Eu paguei a conta, mas nessa época de chuva pode acontecer isso que agora nos acomete: a escuridão. Acabou a luz, acabou o banho quente, acabou televisão, acabou computador. Meu deus, acabou computador. A cafeteira desligou. Não há luz dentro dessa casa e as estrelas que não estavam no céu, mas enclausuradas dentro dos apartamentos vizinhos, bem, elas também se apagaram. O que vamos fazer, você me pergunta, eu acho, nem dizendo, nem pelo rosto. Eu não te vejo, eu te escuto por dentro de casa perambulando. O que vamos fazer, eu me pergunto em silêncio e você me comove em direção à parede. Está escuro. Acabou a luz. Ainda bem. Vem aqui.

Parede, Cotovelo, Mão, Pele, Pelos, Lábios, Sede, Sede, Calma, Espera, É o dente, A Boca, As Bocas, A Pressão, A Força, O Ímpeto, Eu Te Surpreendo, Eu Em Mim Te Recebo, Espreme, Esforço, Escoa, Suor, Rosto, Parede, Batida, Roupa, Unha, Arrepio, Descontrole, Pausa, Nervosismo, Corre Sangue, Escorre Um Rio, E Mais Outro, Excita, Não, Sim, Olha, Talvez, Chuva, Respingo, Beijo, Eu Te Beijo, Eu Te Mordo, Eu Te Tenho, Deixo, Abandono, Volto, Circulo, Dedos, Desenho, Pelos, Pele, Silêncio, Ofega, Luz, Voltou, No Entanto, Nu Estamos, Olhos Fechados, Segue, Continua, Vamos Amar A Escuridão, Fica, Não Veja, Permanecemos, Deitados Sobre A Mesa, Friso, Quente, Calor, Ainda Os Dentes, Corre, Enerva, Segura, Espera, Junta, Comunhão, Choque, Imensidão, Simultaneidade, Delírio, Arrepio Sem Mais Vírgulas Vamos Escorrer Juntos O Destino: fim.

Um banho frio, você me diz.
Um banho frio, eu consinto.
Toalha, eu te seco.
Outro beijo.
A gente riu rapidinho.
Café quente, certo?
A luz já voltou.
Um apaga a luz.
Dedo acende a cafeteira.
Vamos ficar sentados ao chão da cozinha,
enquanto a cafeteira faz canção para passar no tempo
o nosso encontro.
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário