pesquise no blog

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Consume.

Espera mais um instante que eu já vou.

E lavarei as louças restantes
torcerei os panos molhados
Eu vou limpar o banheiro
jogar as garrafas vazias
dentro da lixeira cheia

Mais um instante
que eu vou:

tirar a poeira do quarto
passar um pano no peito
que eu vou recolher os pedaços
de chocolate
de papéis
de livros
de sonhos,
hoje tudo assim misturado sobre o chão da mesa.

Espera um instante
eu vou:

deixar tudo limpo
deixar tudo claro e confortante
que eu vou fechar o chuveiro sem força
trancar as janelas sem dificuldade
que eu vou trancar a porta
com a minha chave
e depois
engolir toda e qualquer possibilidade minha de retorno.

Espera um pouco
quando eu conseguir
te aviso

Por enquanto, porém,
se quiser vir até mim
ou por mim se passar
vem passa fica traz
eu não começei ainda

estou só terminando,

É que consome tempo
Consome tempo, amor
Consome
amor, tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário