pesquise no blog

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Solução

Fora agora
Tudo eu jogaria
Para acordar
Mais leve
E sem ranço
De passado
A caminhar
Junto aos dias.

Eu jogaria tudo já vivido.

Renasceria imberbe
E tudo me seria novamente
Possível
Posto não houvesse passado
Mas só
Presença.

Um cansaço destrói meu corpo.

Uma raiva doce me impacienta.

Um jogo forçado virou minha vida.

E eu
que nunca fui desses
Sobrevivo desfigurado.

O que fazer?
Meus Deus, o que faço?

Tenho gastado uns minutos
pensando na solução repentina
Que seria o meu avião caindo profundo
num oceano qualquer.

Desgosto da vida.

Desgosto de tudo.

Tudo
Tudo

Menos de ti.

estou doendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário