pesquise no blog

terça-feira, 14 de abril de 2015

blog

oi
amanheci lendo esse seu email-poema
que bom
levantei e fiz o café
sem nem sequer espernear
obrigado por suas palavras
não que meu dia estivesse perdido, mas foi como se suas palavras me salvassem
já são quase quatro da tarde e seu email permanece em mim como um segredo
que apazigua o coração
também não te conheço e essas minhas palavras, tanto como as outras, podem não ser nada
mas é o que temos
fico curioso em saber quem é você
e caso não o conheça, não a conheça, fico curioso em lhe conhecer
nas palavras minhas por ti lidas eu não pareço perdido
a questão é o dia a dia
mas tudo certo (como eu costumo dizer)
tudo certo
paga-se um preço por acreditar no amor e nessa coisa toda tão anacrônica (dizem ser...)
um abraço
onde quer que tu estejas
seja tu quem tu sejas
(não sou muito bom com tu e segunda pessoa do singular)
liberano

PARA T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário