pesquise no blog

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Lustosa

Veja:
eu subi andando
Numa mão um cigarro
Na outra um café duplo
E no peito
inchado
Veio você aquecido.

Por um ou outro segundo
Tudo me parece impossível.
Porém viro a curva
piso sobre asfalto meio liso
meio risco
E enfim
Seu sorriso antecede
Um atropelamento.

Não estivesse eu tão por ti
Acalorado
Teria já morrido tão mais vezes
Do que pode um gato.

Espero:
sentado nessa esquina
O café no isopor esfriado
O cigarro destruindo dentro
as hemoglobinas
No entanto
No coração
Sua insistência jorra sangue
em chafariz real
nobre
E sepucral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário