pesquise no blog

quarta-feira, 27 de junho de 2012

finesse ~~

que se eu me espremer um pouco
consigo dobrar a mentira
e nascer para além
do sucesso que me persegue
e embriaga.
eu sei que se eu quiser
posso morar sobre as linhas
e procriar versos
criar exércitos
e implodir alegorias
da contemporaneidade.
que eu posso amar
que eu posso encontrar uma religião
e nele me prender
e a ela me ligar
sem ironia
ou descontentamento.
eu sei que posso citar drummond
parodiar fernandos e outras pessoas
sei que posso inventar palavras
e desviar fáceis analogias.
que na falta de um amor
posso passar um café de três formas:
- na cafeteira
- na cafeteira italiana
- no bule.
sei que mesmo assim
por mais que eu me reinvente
sempre serei este cara
em processo descontente
tentando abrir o sublime
que a corrida dos dias
massacra em forma
de chocolate
em forma de presente
em forma de filme mudo
ou obra de arte.

eu sei que no fim
que seja
algum traço mais fino
há de beijar minha pele fria
e fazer por último
aquilo que dizem ser
ah comunhão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário