pesquise no blog

domingo, 1 de março de 2009

diálogo através da laje

que sol dos infernos.
ontem tava pior.
tava nada, deu na TV. hoje é o dia mais quente.
engraçado, pq eu vi na previsão.
previsão não dá pra confiar.
e TV, dá?
ora, dá. só não confio em novela.
isso nem eu, não sou boba.
nem eu, não sou bobo.
desculpa perguntar,
pergunte,
lavou com sabão de coco?
não. aqui em casa tá se usando monjardim.
monjardim?
sabão em pó já amaciado.
e a roupa fica macia?
e cheirosa. dá pra sentir aí do outro lado?
dá sim. parecia que era coco.
coco não tem esse cheiro não.
coco tem cheiro de que pra você?
não sei não. aqui é só monjardim.
vc me empresta um copinho?
empresto. espera só um instante.

vai conseguir segurar?
pode jogar.
coloquei dentro dessa garrafinha de guaraná.
numa pitchulinha?
é das criança.
quer que devolva?
não, pode ficar.
então joga!
não vai deixar cair?
se cair vai estourar. joga!

quase que não pego!
sente o cheiro!
é bom.
vai lavar o que?
o edredon. a menina aqui mijou nele todo.
tem incontinência?
nada. tem preguiça.
ah, que tristeza.
mas passa. tô sentindo cheiro de feijão.
hoje sou eu quem faz o trampo.
gostoso.

deixa eu entrar que a menina tá chamando!
não precisa devolver a garrafinha não.
quer que eu passe uma água e jogue de volta?
nada. os menino aqui tão cheio disso aí.
é bom pra congelar porção de vinagrete.
eles fizeram cofre com a garrafinha.
também pode.
pode nada, toda hora arrombam o bichinho.
aí não pode. manda um abraço pra sua dona.
pra você também. boa lavada do edredon.
se quiser sabão de coco, eu tenho aqui.
não, pode deixar.
e a garrafinha?
pode ficar.
é o seu feijão queimando?
eu preciso entrar.
vai que eu também vou, a menina tá gritando. já vai, bezerra!


Nenhum comentário:

Postar um comentário