pesquise no blog

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

lírio

tão próximo
que eu poderia desistir
de fazer parte
disso tudo.

tão junto
que eu poderia me entreter
sobre a pele
e enovelar-me
em emoção.

tão justo
que eu julgo não ter direito
quiçá razão
de plantar dúvida
criar descontentamento.

hoje eu amanheci
mirei você ali
dormido
e pensei
eu preciso parar de pensar nisso.

e o dia então
fez sol
chuva
e o lírio
floresce
no parapeito
da janela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário