pesquise no blog

domingo, 16 de outubro de 2011

just a felling

Para Dominique Arantes

o que eu vou escrever
vem junto a mim
feito fosse música
como fossem meus dedos
mãos inteiras
revirando seu cansaço
e te tingindo a possibilidade.

não relute,
se deixe um pouco
se abandone e deixa
que eu faça
tudo aquilo contra o qual
você já excedeu forças

deixe, eu faço por ti
eu luto eu quebro
eu defendo
eu sou doce
amargo
o que for preciso ser
deixa que eu reviro o mar
para encontrar
o seu sorriso
hoje tão confuso, não?

tudo bem.

o sorriso é plena confusão.

não tem problema.
perder o controle
perder-se em meio ao dia
meia-ao-meio
nesta noite
você se anuncia
mas é mais
isso que te carrega é maior e mais lindo que o impossível,

portanto não tema, avance junto nisso

é assim que eu sinto,
me desculpe
se a poesia te comprou a dor
e o sorriso
se a metáfora faliu seus planos
e tingiu a aquarela todos os seus medos
mais profícuos,
reze então versos alexandrinos.

eu estou aqui para te dizer: que eu estou aqui por você.

assim,
simples desse jeito
me dê sua mão
que eu levo você
para bailar
quando a trilha sonora
destes dias
nos esquecer.

2 comentários:

Dominique Arantes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dominique Arantes disse...

A postagem foi errada. O que tinha postado aqui, era para ser na " repetição".

Por que sobre essa eu só consigo sorrir e dizer, coisa mais linda te ler.

amo

Postar um comentário