pesquise no blog

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

O ÚLTIMO AMAR

foi no meio de um mergulho

boca cheia de sal

tosse expurgando a morte que persiste

foi durante uma onda
um tombo
um se perder de si

que vi a lua que me olhava

foi ali, na praia

que me lembrei de meu último amor.

já fazia meses que ao mar eu não me jogava

a última vez, eu lembrei
a última vez foi quando mergulhei
após ter morrido
o fim do meu último amar

e fui profundo
no abismo da praia
em noite escura
e mornas ondas

ali me deitei
cheio de medo
e salguei a alma os olhos
e o sorriso torto

ontem

eu mergulhei no mar

eu vi a lua

e sem força

me flagrei a lembrar

que se o último mar
havia sido pelo fim
este então seria pelo recomeçar

alma lavada, como dizem
areia na cueca
tosse sem fim

eu estou morrendo
mas livre, enfim
daquele que me pôs fim

o ano acabou ontem
entre um ou outro engasgo
acabou ontem meu ano de separação

agora quero o juntar
quero o encontro

2016
o ano do aproximar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário