pesquise no blog

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

magia

mudam-se as coisas de lugar
a poeira vai embora e fica
ainda no entanto e talvez
neblina

apodrecem os legumes as
frutas ficam negras e chega
a manhã apressada
para quê?

sobrevive algum silêncio
os papéis, todos, esvoaçam
haveria algum sentido
ou só isso mesmo?

dorme-se com frio
faz-se café ao acordar
um cigarro
treze cigarros

fogo
olhos
arrumadas no pênis amassado
dentro da cueca preta

meu deus,

e o câncer?
que não chega?
como tombar?
agora!

a vida às vezes
dura mais tempo
que o necessário

eu te amo
sim, eu
amo sim

que magia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário