pesquise no blog

sábado, 20 de junho de 2015

Natureza

Independe

Sobrevive

Continua

Imperativa atua
presença sem alarde
lembrança sem festa

Bom dia

Assim foi a vida
sem que fizesse força
seguiu sem ti

E agora, Diogo?

A festa acabada
estalares de pescoço
perfume na nuca
você estava andando
ainda que sem ver rosto outro
Quiçá o do tempo.

Bom dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário