pesquise no blog

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Cada toque sobre o meu corpo

Eu registro.

Para não esquecer
da imensidão que é o íntimo.

Os braços parecem elásticos
conseguem hoje mais que antes
Compor muitos e muitos laços.

Seria mentira não reconhecer
mas o seu abraço é mais vasto
Seu sorriso apesar de pequeno
é mais solar.

Já é quase manhã
e meu corpo a ti responde.

Haveria algo de mais precioso
do que este instante?

Dissemo-nos ao mesmo tempo
"nos falamos".

A continuidade deste instante
é possibilidade remota
Mas concreta.

O desejo se realiza ao dizer
"estou quase ".

E o lá chegou
em mútuo abraço
E hoje já é quinta
e amanhã não saberemos.

Sem ouvintes
preciso confessar
Encaixou tudo
Tudo encaixou

E por isso
apesar da noite e do vinho
Sou só sorrisos

Apenas isto.

Sorrisos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário