pesquise no blog

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Ser Alado

Pela sacada encontro o céu
Deitado sobre pouco telhados
Céu nu
Retinto

Encontro espelho negro
Que me reflete em negativo
Porque hoje sou meu parceiro
Eu comigo
Andando de mãos dadas
Lado a lado.

O silêncio desta noite
Me embala
E embalado me impulsiono:

Pode haver coisa mais poderosa
Do que estar bem estar?

Os dias deslizam preguiçosos
Mas meu sorriso é só comprovação.

Minha alma está paciente
Meu corpo na medida
Meus sonhos vingam
Todos os dias

Eu amo ser quem eu sou.
Amo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário