pesquise no blog

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Costura

Passam por mim linhas que não sei explicar
Passam por mim linhas que não sei detonar
Linhas que não sei combinar
Linhas que sozinhas se combinam
e me deixam apenas a sensação
de saber que passam por mim
linhas
feito fossem linhas sentido
explicação.

Passam por mim linhas que não sei frear
Passam por mim linhas que me sugam o ar
Linhas que não sei fazer partir
Linhas que não sei fazer reter
o movimento impregnado
de construir a cada passo
corpo
feito fosse corpo sentido
capturado.

Passam-me linhas que não
Passam-me linhas que não
Linhas que sim
Linhas que sim
que assim
dessa forma em mim
me são.

Passam linhas
Passam imãs
Linhas em vão
Imãs que então
trazem a mim
o mundo
em eterna
passagem.
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário