pesquise no blog

quarta-feira, 6 de abril de 2011

VaCo

Sim, eu sei.
Foi buraco feito no susto
Aberto e não cicatrizado
Buraco imenso e retinto
Coágulo em pause
ferida em break
grito em slow-
emotion.

Eu sei, foi também comigo.

Cresceu inteiro no peito
dobrou por sobre braços
e contornando as pernas
mudou também meu passo.

Mudou meu rumo.

Eu sei, sei disso por inteiro.

Buraco como este nunca havia tido antes.

Comeu meus sonhos
alimentou meus medos

Buraco como esse me fez ser grande (querendo sair)
me fez ser forte (aguentando o pranto
e me fez ser poça)

sedenta ao diante:
Capaz de se evaporar somente para quedar de novo
noutro instante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário