pesquise no blog

domingo, 24 de outubro de 2010

ELOCUBRATIONS,

Antes de sentir
Eu já fiz poesia.
Antes de sumir
Já disse a volta.
Antes de sair
Já marquei chegada.
Antes de subir
Já apertei a campanhia.

Nada meu acontece de imprevisto;
Eu desaprendi a ser surpresa.
Calculo o piano as batidas o risco
Nada excede, eu não soube errar
Por isso hoje quando penso em você
me consumo inteiro por não saber
como pode uma coisa na vida
simplesmente nada significar
além
deste tolo não-saber.

Você é uma incógnita,
Mas o problema sou eu.

A solução é fazer de ti letra legível
E perder seu encanto.
A solução é amar o seu mistério
E seguir aos trancos
E amando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário