pesquise no blog

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Quatro ou Cinco

Foi tanto e quase tudo
Mas nem sempre tudo
Basta para que alguma coisa
Específica
Possa vir a se dar.
Sobra-se um tempo
Gasta-se um, dois corpos
Um afeto famoso
Outro desconhecido
Afeto temido
Afeto eticamente impossível.
Passado o tempo
Moído o orgulho
O que resta é uma lágrima lenta
Que escorre tranquila
Posto tenha compreendido
Que a sina do amor
É propriamente a sina
Dessa vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário