pesquise no blog

sábado, 31 de outubro de 2015

um aviso a si mesmo


vês?

ninguém veio esta noite.

sobrevivestes sozinho.

vês?

sua ânsia nem sempre ancora
sua vontade nem sempre faz ninho.

percebes?

o tempo é seu maior amigo
seu amor, o tempo, é o seu amor
por isso hoje
não apenas hoje
mas também hoje
o tempo
nu tempo
nu contigo.

sabe?

um dia haverás de contemplar
sua miséria, haverás de compreender
que é isso, que é isso, que é ela
o que tivestes de mais e maior.

quer o corpo se desfazer?

desacredite-o.

você não precisa dar conta
nunca precisou
isso é intriga
não
desista
e sobreviva
apenas
como quem dança feito cinza ao vento.

hoje ninguém lhe veio
nem mesmo você
por isso este aviso
a si mesmo
destinado:

quando achar que o fim chegou
saiba
o fim
é só um degrau
o fim
é só mais um passo

desse sem fim
que é a existência,

Nenhum comentário:

Postar um comentário