pesquise no blog

sábado, 10 de maio de 2014

Dia da Honestidade

Bem que podia, viu? Termos um dia - reconhecido no calendário cristão - no qual seria possível, apenas, locomover-se por meio da honestidade. Nem falo de Verdade, esse Belo Absoluto. Não. Falo de ser honesto, de dizer o que se pensa, compartilhar o que se acha. Sem melindres, sem assumir para si uma postura grosseira. Ser honesto está em falta. E por estar em falta tal gesto, está sendo muitíssimo procurado (e passa, então, a custar caro). Aquela coisa da balança comercial, como é mesmo? Lei da Oferta e da Procura. Quanto mais se oferece, mais a coisa fica barata e se banaliza (porque todo mundo tem honestidade para dar). Quanto menos se é honesto, honestidade vira alto preço e coisa para poucos. Vamos tirar a honestidade da lógica do capital e pensar assim: como num jogo, hoje e somente hoje, dia 10 de maio (de cada ano que a partir deste ano vier). Sempre, no dia 10 de maio, será comemorado o Dia da Honestidade.

Então eu direi:

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Muitas coisas. Muitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário