pesquise no blog

domingo, 17 de julho de 2011

Simples

tempos distintos
quem sabe
a gente
não se cruza
num segundo
num abraço que fica mais
que um simples
cumprimento
nas mãos
que se entrelaçando
deixam via rudeza
transparecer
desejo

por que a embriaguez
quando tudo o que é preciso
é clareza
obscura, mas convicta?

parar de fumar
parar de beber
para que tudo isso
se o que eu desejo
mesmo
é só você?

\

Nenhum comentário:

Postar um comentário