pesquise no blog

segunda-feira, 30 de julho de 2012

me distanciar de mim

A cerveja estava estragada.

Eu não soube disso antes.

Eu soube disso agora, apenas

Mas a consciência para o hoje

Só desembarca amanhã,

Feito novidade.

A cerveja esteve podre dentro do casco envidraçado.

Eu bebi até o fim

Querendo me distanciar de mim

E voltar

Para o líquido

Amniótico

Da mãe

Pássaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário