pesquise no blog

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Floreser

Um início
É quando tocamos numa pele
E descobrimos dela
A sua aparência

É quando sentimos o sangue que flora em pétalas
Chorar a sua inquietude
Para todo um casulo

Reverente ao mundo
Sob véu noturno
Embebe-se do caminho obscuro:

Esse do crescer
O de floreser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário