pesquise no blog

terça-feira, 8 de julho de 2008

Acordes dessa estação

Eu estarei esperando na rodoviária

Vendo descer o ônibus

Talvez chore logo, ou depois, ou durante

mas devo ensaiar as primeiras linhas que vou te dar

como presente, desse encontrar, dessa vida que quando parece engasgar

me surpreende outra vez

e me traz você

vindo voando

vindo ligeiro e sem mais me enrolar

vindo presente sem nem mesmo adiar

agora é real

e eu preciso sentir para ver

preciso tocar para perceber

que é você

que está aqui

e que podemos assim chorar e rir, sempre balanceando o que tende a despencar

para um lado só

eu estarei lá

esperando

esperando atento

o olhar desviando

a cada seta invísivel que anuncie ser você

ah, como estou feliz

uso esse "ah" que nada pode dizer

mas é isso, é isso mesmo, é um arrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

com erres sem fim nem fundo nem princípio num segundo

todo o ar que há em mim troca-se com o do mundo

e eu me sinto muito maior

pois terei você ao meu lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário