pesquise no blog

sábado, 11 de junho de 2011

HOLIC

você acha ter ficado forte
e a fortaleza cresce
feito massa
no forno quente
tentada de segundo
a segundo
você olha pela janela
fica quieto só
consigo
você pensa deixa
e vai dormir
você se permite
por uma noite
não fazer
sucesso
ante as coisas da casa
ante aos sonhos
seus
e de seus queridos
você deita
você não dorme
mas o cobertor te abraça
e nisso
você acorda sonolento
mas movido
se ergue
abre o chuveiro
liga o som do rádio
você não faz café
você esquece a torneira
aberta
porque está na sala
nu
a olhar o problema
e então
percebem os dois
num mesmo segundo
amanheceu.

selam-se os olhos
os lábios umedecidos
o nosso acordo
você e o problema
hão de assumir
é coisa que se resolve
amando.

fecha a torneira
fecha a boca
encurta o andar
você hoje
e somente hoje
poderá me tocar.

já é noite
e eu aqui
indo dormir
para que o dia venha
e traga
no seu rastro
essa condição
de quem ama
e ama
e nisso
por vezes
sim
se atormenta.

que difícil têm sido não amar esta vida.

\\

Nenhum comentário:

Postar um comentário