pesquise no blog

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

o que não importa

se chove dentro ou fora
se foi para ontem ou se é para agora
não importa
realmente ou não
não importa ser

miojo ou macarrão

nem assopro ou assobio
não importa contra-indicação
nada importa tanto quanto o tudo
tudo tanto importa quanto o nada
se do prédio ou da sacada
se tremendo ou desesperada
não importa a cor
não importa dor ou risada
eu digo que não importa
e sequer percebo que são palavras
que também não importam nada.

mas o exercício persiste
o sacrifício é que tinge
a tentação em amor
o desafeto em rancor
e tudo vira o dia
tudo vira agonia
e nada será como antes
porque antes só o é porque é caminho
e eu só não sou você
porque ainda sozinho.

importa.
não importa.
se você se importasse
eu me exportaria.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário