pesquise no blog

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Busca

Algumas das coisas que listei não pude realmente encontrar. Até o momento em que vi que a mãe buscava a filha morta em todos os lugares. Que não cessava de correr e gritar, como se vagando e gemendo fosse fazer emergir a carne já fria, o sorriso de cálcio e os restos da roupa comida.

Estaríamos buscando algo assim parecido?

Eu buscando algo que não sei. Ela buscando algo morto, a princípio. Desesperei-me por completo, ao ver a sua tenacidade. Ao ver a sua certeza espelhar-se no mais cedo ou mais tarde hei de encontrar minha filha. Como posso então não ser tenaz? Como posso não correr ainda mais e buscar no caminho outra maneira de resistir?

Sinto que entre nós se cruza agora a busca por um sentido. Não saberia dizer em qual dos dois o sentido é possível à pele, a qual dos dois o sentido não importa compreensão, nem lógica. Não saberia dizer. Para mim as coisas extravazaram-se todas e o peito agora está sedento, sede para qualquer outra revolução.

E mesmo assim tão distantes, eu sempre consigo rememorar, com uma dor incondicional, o seu tentar, o seu gritar EU QUERO MINHA FILHA EU QUERO MINHA FILHA



Tempo.


Silêncio.

O que eu pudesse fazer para você?

Se eu pudesse fazer com outro sentido o peso desse absurdo,
se pudesse dizer de outro jeito para você
que ela não está andando
não está em Belém, não está
se eu pudesse dizer que ela apenas voa
agora

você me entenderia
ou isso seria demais para aguentar?



Se eu pudesse seguir sem esse peso
que não é peso de pesar
é peso de compromisso
é selo do amar

Quando criamos algo mais forte
do que é possível compreender
no momento em que você me diz
Eu te amo
e eu respondo eu também
sem perceber
sem se importar
que ali naquele dizer
estávamos sedimentado algo que,
independentemente da sua lápide,
realmente viesse a durar.



Está complicado aguentar
Por segundos é absurdo
é uma distância ( a do t e m p o )
que não se pode definir
que sabemos que vai sempre
por isso preciso disso aqui?

Só para nós, você sabe
Só para o nosso amor
só para a nossa parte

.

Você me escutou naquela mesma noite, quando

Nenhum comentário:

Postar um comentário