pesquise no blog

sábado, 3 de maio de 2008

Poemeto Erótico Número 4

Ainda não
espere madrugar
não mude agora
fique nesse lugar

Ainda assim
assim posso ver
não faça olhando
eu temo um dia
te perder

Ainda então
escute a canção
distraia a distância
e aguente
até eu chegar

Ainda é bom
nem que seja pouco
nem que seja louco
ainda é bom ter você

Nenhum comentário:

Postar um comentário