pesquise no blog

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

No quase todo

Houve
Na distância
Alguma revelação.

Viram, os dois,
Que não. Não se tratava mais
Daquilo que um dia
Foi o caso aos dois.

Perceberam, como quem descobre,
Que o martírio de cada segundo
No longo do tempo
Era retinto amadurecer.

Não foi antes
Nem depois do que não podiam reconhecer
Foi no átimo exato
Do cansaço.

Quando um corpo restou só
E por demais cansado
Não sofreu que o outro
Não estava ali a lhe acolher.

Curou-se então quase tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário