pesquise no blog

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

oh, meu irmão

dessa vez foram milhões
com que força você consegue
tanto assim se machucar?
quando foi
que a metáfora do umbigo
a nos costurar e a família
nos transformar, quando foi
que se arrebentou?

sua fome é doença
sua sede tem pressa
e enforca a possibilidade
da comunhão eterna.

querer sair
queres crescer
mas como?

por cima de quem?

você não está sozinho,
mas precisa saber que está perdido
e já sem forças para se encontrar.

ceda. suas mentiras são ruins
e cansaram nosso amor nossa beleza
ceda. o seu desespero é agora
o seu gesto
o seu nome
e o seu fim.

se quiseres, porém, continuar
mudar para continuar
De novo e mais uma vez
Estou aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário