pesquise no blog

sábado, 1 de dezembro de 2012

as unhas

ficaram deitadas
e imóveis
pelo chão da sala
como fossem
sortes que não deram
certo.

as pontas
dos dedos
todas
carcomidas,

enquanto dentro
de mim
uma satisfação tão plena
uma tão longa avenida.

silencio,
para ouvir o fim do dia
aportando tranquilo:

eu poderia estar ao seu lado
não fosse meu corpo
inda tão cheio
de espinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário