pesquise no blog

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Judieira

Ele estava cansado. Sentou-se à cama
já meio caindo de lado
e se disse
Cara, você precisa dormir.
E deitou-se
e permaneceu horas acordado
cheio de si
porque tinha assumido
o quanto estava exausto.

A clareza dói
Ela rói
mas gera um sono gostoso
um sono expresso um jogo rápido
no qual
ele acreditou
foi possível restar
só consigo mesmo

Sem diálogo
que não fosse
aquele ali com o corpo
e seus silêncios.

Uma sinfonia apaixonada
Uma sinfonia pela exigência
sua
dele
de se manter firme na
estrada

Toda por ele desejada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário