pesquise no blog

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

contemplative

hoje eu não tenho nada bonito para você
hoje eu estou ameno, tranquilo, pequeno
eu estou comigo mesmo
me dei a mão
estou paz.


tomei um banho gelado
comi salada comi melancia
hoje eu me olhei no espelho
hoje eu não tive azia


hoje a poesia veio para mim de bobeira
veio dizendo não ter nada a dizer
veio dizendo apenas viva
e me deixou quieto
tentando - sempre - compreender
que certas coisas
que certos dias
certos ventos
não são feitos para a compreensão
são feitos para o abraço


               coisas                        dias                                   ventos
                                                                                         feitos para a contemplação.
                

Nenhum comentário:

Postar um comentário