pesquise no blog

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Boca Suja de Quês


- Você está com a boca suja.
- Suja de quê?
- Não sei. Chega aqui. Acho que é pão.
- Prova.
- Tá louco?
- Prova a boca. Não o pão.
- Não.
- Não o quê?
- O pão. Não é pão. É alguma coisa tipo fruta.
- Tem muita fruta na estação.
- Sim.
- Sim o quê?
- Acho que é pêssego.
- De pêssego para pão não dá.
- Não dá o quê?
- Para mastigar.
- Estava duro.
- O quê?
- O pêssego?
- Ou sua boca?
- Escuta.
- Diz.
- Anda.
- Vai. [...] Volta!
- Fala.
- Escuta.
- Eu fiz.
- Fez o quê?
- O teste.
- A prova.
- O exame.
- De quê?
- O exame anti-
- Anti-mim?
- Anti-você?
- Anti-nosso-amor.
- Sim. Anti-HIV.
- E daí?
- Daí o quê?
- O que que deu?
- Deu tranquilo.
- Isso não é pão.
- Isso é farofa.
- Frango.
- Farofa.
- Frango
- Com farofa.
- Entendi.
- Foi para comemorar.
- Comemorar o quê?
- A ceia nossa de cada dia.
- Frango.
- Franga.
- Frito.
- Frita.
- Feminino.
- Femenino.
- Feminino.
- Limpa aqui.
- Limpa o quê?
- A minha boca, porra.
      

Nenhum comentário:

Postar um comentário