pesquise no blog

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Quisiera

Gostaria muito
De dizer da alegria
Imensa que impacienta
Meu peito nesses dias.

Gostaria - tremendamente -
De seguir este jogo lindo
Que tem sido imaginar a cor
Da sua cozinha.

Não sei de nada
Não posso saber de tudo
Mas conservo, bem calma,
A possibilidade bem próxima
Do nosso reencontro.

Gostaria de não antecipar as chegadas.
Gostaria de não achar que tudo isso
seja algo para além do que é.
Gostaria de não me casar com você.

E tenho conseguido, confesso.

Uma gripe amolece meu corpo
e me pede calma como se sentisse
Que me virá um afogamento.

Gostaria de ter uma boia,
Mas o que tenho é apenas
Este sorriso.

Vês?

Nenhum comentário:

Postar um comentário