pesquise no blog

terça-feira, 30 de maio de 2017

Lacre

Preparado o silêncio
Quase ensaiada as reações
Só que
Os olhos dum cruzaram os doutro
E então tudo desmorona
A paixão, bicha louca da porra.

Secou os olhos
Era já outro dia
Secou e guardou dentro
A neblina líquida
Para quê?
Veio um abraço mais forte naquela manhã
E envolto no embaraço
Chorou feito bode.

Bode chora?

Chorou.

De amor
De paixão
Dessa doença
Como se chama?

O outro.
Você.
O outro
Vos mice.

Nenhum comentário:

Postar um comentário