pesquise no blog

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Amor como Filosofia Prática

Pomposo título para dizer nada.

Quase nada.

Muito simples.

Como nunca antes, te amar,
Coloca-me novos limites.

Os mesmos, é verdade,
Mas tudo novo.
Porque não há possibilidade
De não ver a cilada em que estamos.

Falamos através de conceitos
Mas e o corpo?
Como ele fica em meio a tudo isto?

Amor,
Existir com você
É picotar a filosofia dos livros
Para fazer vendaval de conceitos
Florescer nosso dia a dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário