pesquise no blog

domingo, 30 de setembro de 2012

e se

alguém disser que sim.

e se alguém disser

que gosta

inda assim

ainda sim

vou tentar de novo

dar conta

nestas linhas

infelizes

do meu tormento

invisível

 

e no entanto

ainda hoje

 

tão certeiro

tão sem volta

tão cego duro e repetitivo.

 

mesmo que alguém fale não

fique

deixe

deixe partir

mesmo assim

vou dizer

 

não cesso

enquanto não cessar

o risco

de estar

vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário