pesquise no blog

sábado, 11 de junho de 2016

Passagem

Limpei os verbos.
Estão livres agora.
Amar resta solto. Sequer espera.
Gesto por vir.
Limpei os nomes.
O sentido de antes ficou livre
Para outros encontros.

O que passamos hoje passou.
O que vivemos sobrevive
Eu sei
Hei de cair e me erguer
Outras vezes.

Tudo passado
Passado tudo
Tudo se passa
Novamente
Mas noutro tempo. Que também
Passou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário