pesquise no blog

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Uma deixa

É certo.

Nada está estático.

No gesto
Fazemos um laço.
O que houve?
Fomos juntos
Sobrepostos
Simultâneos
Inesgotáveis.

Um silêncio antes desse voo.

Uma paz, apesar de muita coisa na mala.

Uma paz que não esboça pergunta
Que se esqueceu das respostas.

Num instante
Suspenso
Eu volto a ser mundo
E ser homem
Se torna o menor
Dos tormentos.

Fico com as nuvens.

Resto só no vento.

A vida
É certo
Não precisa de tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário