pesquise no blog

sábado, 16 de fevereiro de 2013

esquecimento

sem saber o que fazer
com tanto calor
com tanta certeza
se esqueceu que havia a poesia
para fatiar o mundo morto
sobre a mesa.

passou por ele o vassoureira
passou para baixa
da mesma mesa
a embalagem de plástico
o copo quebrado
passou por baixo dele
a felicidade tranquila de uma manhã nem tão assim passageira.

os amigos morreram
o som perturbou mais que o permitido
e no entanto
o sol
quando à noite já teria ido
ficou

duro

no céu

escarlate

e então
derreteu-se inteiro
feito derrete
chocolate
na linha de frente

morreu acalorado
cheio de bolha
parecendo metáfora.

morreu.

é isso:
morreu.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário