pesquise no blog

segunda-feira, 6 de março de 2017

Depois

Você se encontra
Parado
Uma das mãos
Na testa
Apoiada

As unhas
Hoje limpas
Passeiam pelo rosto
Com a calma
De quem sobreviveu
Ao amor que morreu

As crianças ao redor
Te olham
Curiosas
Algo em você
As estremece
Seria a sua paz?

Seria o seu espanto
Em densidade
Concentrado?

Depois você perceberia
Que o amor acabar
É coisa própria
Da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário